Qual a diferença entre a Lei geral da oferta e e lei geral da demanda.Explique.?

5 Answers

  • A Lei da Oferta diz que:

    Quando o preço de um bem aumenta ou diminui, as quantidades oferecidas desse bem tendem a aumentar ou a diminuir, respectivamente, “coeteris paribus” (termo utilizado para dizer que todas as outras variáveis se mantêm constantes)

    Assim, se ignoramos as restantes forças do mercado, quando o preço de um bem aumenta, as quantidades oferecidas também vão aumentar, pois os vendedores têm uma maior interesse em vender os bens mais caros que serão geradores de um maior lucro.

    Por outro lado, quando o preço de um bem diminuir, as quantidades oferecidas tendem a diminuir também, pois os vendedores não têm tanto interesse em vender os bens que lhes dão menos lucro.

    Dizemos assim que, segundo a lei da oferta, os preços de um bem e as quantidades oferecidas variam na razão directa.

    Lei da Procura

    Á medida que o preço de um bem aumenta ou diminui, as quantidades procuradas tendem a diminuir ou a aumentar, respectivamente, “coeteris paribus” (termo que significa que todas as outras condicionantes que podem influnciar a procura se mantêm constantes)

    Assim, quando o preço de um bem aumenta, a quantidade procurada diminui, pois o consumidor passa a ter de gastar mais unidades monetárias para adquirir esse bem.

    Por outro lado, quando o preço de um bem diminui, logicamente que a quantidade procurada aumenta, pois quando os preços são mais baixos há um maior número de consumidores a adquirir esse bem.

    Dizemos assim que, segundo a lei da procura, o preço de um bem e as quantidades procuradas variam na razão inversa.

    Existe ainda a LEI DA OFERTA E DA PROCURA, que é completamente DISTINTA das anteriores, e que diz o seguinte:

    O preço varia na razão inversa da oferta e na razão directa da procura, coeteris paribus.

    Desta forma:

    -quando a oferta relativamente a um determinado bem aumenta, o seu preço diminui, pois por um lado existe em abundância no mercado, por outro os vendedores fazem grande concorrência entre si, o que os obriga a baixarem os preços.

    -quando a oferta relativamente a um determinado bem diminui, o seu preço aumenta, pois o bem é mais escasso e os vendedores têm mais margem de manobra para exigir um preço mais elevado.

    -quando a procura relativamente a um determinado bem aumenta, o seu preço também aumenta, pois se a procura é elevada os vendedores podem subir os preços e mesmo assim garantir que vão vender os seus stocks rapidamente.

    -quando a procura relativamente a um determinado bem diminui, o seu preço também diminui, pois os vendedores são obrigados a baixar o preço para conseguirem vender os seus stocks.

    É este o jogo das forças do mercado.

  • A resposta de Pedro Gonzaga faço as minhas, Parabéns

    #

  • Em economia, a Lei da Oferta e Procura , também chamada de Lei da Oferta e da Demanda é a lei que estabelece a relação entre a demanda de um produto – isto é, a procura – e a quantidade que é oferecida, a oferta. A partir dela, é possível descrever o comportamento preponderante dos consumidores na aquisição de bens e serviços em determinados períodos, em função de quantidades e preços. Nos períodos em que a oferta de um determinado produto excede muito à procura, seu preço tende a cair. Já em períodos nos quais a demanda passa a superar a oferta, a tendência é o aumento do preço.

    A estabilização da relação entre a oferta e da procura leva, em primeira análise, a uma estabilização do preço. Uma possível concorrência, por exemplo, pode desequilibrar essas relações, provocando alterações de preço.

    Ao contrário do que pode parecer a princípio, o comportamento da sociedade não é influenciado apenas pelos preços. O valor de um produto pode ser um estímulo positivo ou negativo para que os consumidores adquiram os serviços que necessitam, mas não é o único.

    Existem outros elementos a serem considerados nesta equação, entre eles:

    Os desejos e necessidades das pessoas;

    O poder de compra;

    A disponibilidade dos serviços – concorrência;

    A capacidade das empresas de produzirem determinadas mercadorias com o nível tecnológico desejado.

    Da mesma forma que a oferta exerce uma influência sobre a procura dos consumidores, a freqüência com que as pessoas buscam determinados produtos também pode aumentar e diminuir os preços dos bens e serviços.

  • A primeira actua do lado da producao, da economia real e depende do aproveitamento que a economia faz da sua capacidade em termos emprego de recursos disponiveis; a segunda depende do poder de compra dos consumidores, do tamanho do mercado e da elasticidade desta.

  • No mercado consumidor de um país capitalista, ou de economia de mercado, ocorre um fato curioso. Esse fato é a lei da oferta e da procura, de produtos, mercadorias e serviços. Por exemplo, se no mercado existir grande quantidade de feijão, isto é,

    se os agricultores, supermercados, empórios, feiras livres etc., possuírem

    muito feijão em estoque para ser vendido, e se a quantidade ou oferta do

    produto for superior à procura, ocorre uma baixa do preço do feijão.

    Se ocorrer o contrário, isto é, se a oferta de feijão no mercado for inferior ou menor que a procura, o preço do produto tenderá a aumentar.

    Resumindo temos: Se a oferta de um produto no mercado for maior que

    a procura, o preço abaixa; se a oferta for menor que a procura, o preço se

    eleva. Isso ocorre praticamente com todos os produtos e faz parte do “jogo” da

    economia de mercado. É a lei da oferta e da procura que controla os preços.

Deixe um comentário